domingo, 22 de setembro de 2019

A COMUNICAÇÃO SIGNIFICATIVA

Isso é muito importante

Roberto Gameiro

A curiosidade é própria das crianças; a moderna pedagogia dissemina teorias e práticas que procuram explorar essa característica em prol de uma aprendizagem que seja significativa. 

Por aprendizagem significativa podemos nos referir àquelas informações que são adicionadas aos conhecimentos prévios que o indivíduo já possui e que, consequentemente, constituirão novos conhecimentos, agregarão valor à sua cognição e acrescentarão sentido à sua práxis.

Quanto aos jovens, é forçoso reconhecer que nem sempre a curiosidade destes é acompanhada pela curiosidade significativa de pais e professores em relação a eles.

Por curiosidade significativa em relação aos jovens, designo o interesse pelo que realmente acontece no dia a dia com eles; e não me refiro ao costume de perguntar “como foi na escola hoje?”, que geralmente se contenta com a resposta: “foi tudo bem”. Refiro-me a algo mais profundo, a um diálogo participativo, interativo, olho no olho. Isso requer constância, confiança recíproca, ou seja, uma presença significativa.

“Aprendizagem”, “curiosidade” e “presença” são significantes que carecem de profundidade quando não vêm acompanhados do adjetivo “significativo”. Esse adjetivo qualifica cada um dos substantivos citados.

Esse termo “significativo” acrescenta clareza, relevância, importância, expressividade e valor a qualquer substantivo que usemos no nosso dia a dia relativo a convivência e relacionamento.

Experimente fazê-lo com palavras tão comuns na nossa linguagem coloquial, como, por exemplo: conversa, olhar, abraço, cumprimento e tantas outras.

Claro que não vamos passar a juntá-lo obrigatoriamente a essas palavras em todos os nossos textos e às nossas falas, o que constituiria algo enfadonho e chato.

Trata-se, na realidade, de uma construção muitas vezes apenas mental, não necessariamente escrita, mas que fundamenta propósitos e posturas e qualifica positivamente as nossas ações e decisões, acrescentando sinceridade, força, relevância, foco e intenção na nossa comunicação.

Experimente!

(Leia também)

Publicado originalmente em 24/01/18 sob o título "O que é significativo?".


SE VOCÊ GOSTOU DESTE ARTIGO, veja outros posts de Roberto Gameiro em: http://www.textocontextopretexto.com.br

Roberto Gameiro é Palestrante, Consultor e Mentor na área de “Gestão de escolas de Educação Básica”. Contato: textocontextopretexto@uol.com.br


Conheça o PORTFÓLIO de Roberto Gameiro:

PORTFÓLIO DE ROBERTO GAMEIRO - CLIQUE AQUI


Share:

Um comentário:

  1. Nossos modelos diferentes de mundo distorcem nossa visão e a percepção do que é ou não significativo em cada uma das etapas do desenvolvimento.Isso pode tornar difícil ver aquilo que está diante de nós. Uma abordagem importante para nossa reflexão enquanto educadores.

    ResponderExcluir

SIGA-ME: Clique aqui embaixo

TRADUZA - TRANSLATE

PESQUISE NESTE BLOGUE (digite)

PÁGINAS COM MENSAGENS DE ROBERTO GAMEIRO

Adquira já o livro digital!

Adquira já o livro digital!
O TEXTO NO CONTEXTO COMO PRETEXTO: PARA LEITURA E DEBATE EM FAMÍLIA - COM OS FILHOS

Reprodução

Autorizada, desde que com a citação dos nomes do Blogue e do Autor.

SEGUIR POR E-MAIL

Busca na Wikipedia. Digite o assunto.

Resultados da pesquisa