PARA LEITURA E DEBATE EM FAMÍLIA E NA ESCOLA

terça-feira, 2 de outubro de 2018

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR: LUZ E SEMENTE

Iluminação, Japão, Luz


Roberto Gameiro 

A BNCC (Base Nacional Comum Curricular) é uma luz na entrada do túnel. Essa luz poderá ser forte o suficiente para iluminar a travessia tão esperada rumo à melhoria da qualidade da educação no Brasil, como poderá esmaecer ao longo do tempo, a depender da forma como venha a ser implementada.

Opção em áudio para pessoas com deficiência, ou para sua comodidade, no YouTube: clique aqui

É, também, uma semente que, se regada e tratada com os cuidados necessários, poderá  se transformar em catalisadora da busca da redução das desigualdades educacionais e promoção da equidade e qualidade das aprendizagens dos nossos estudantes.

Prevista na Constituição, na LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) e no PNE (Plano Nacional de Educação), além de esperada desde a aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais, foi finalmente homologada no final de 2017.

Documento de governo, acreditado por uns e desacreditado por outros, contém, por óbvio, uma ideologia subjacente, apesar da forma participativa com que se pretendeu a sua confecção. Haja vista as candentes discussões acerca da inserção ou não de determinados enfoques na peça final. Mas precisa ser entendida como fonte aberta, sujeita a adequações e melhorias.

A educação sozinha não conseguirá melhorar a qualidade de vida dos cidadãos; entretanto, sem uma educação de qualidade, tampouco se fará. E educação de qualidade passa, insisto, pela valorização da atividade docente, dando-lhe os instrumentos necessários para o seu reconhecimento, desenvolvimento, aperfeiçoamento e melhoria salarial.

Depende de todos nós, que atuamos na Educação Básica, acreditarmos na sua validade e nos debruçarmos no estudo de suas nuances e pertinências, dando-lhe as inerentes e necessárias contribuições regionais ou locais, o que já se percebe estar sendo feito por iniciativa de órgãos oficiais, redes, consultorias e assessorias educacionais.

Artigo editado e publicado no jornal "O Popular" de Goiânia em 28/09/18 sob o título "BNCC- Luz e semente".


SE VOCÊ GOSTOU DESTE ARTIGO, veja outros posts de Roberto Gameiro em: http://www.textocontextopretexto.com.br

Roberto Gameiro é Palestrante, Consultor e Mentor nas áreas de “Gestão de escolas de Educação Básica” e “Educação de crianças e adolescentes”. Contato: textocontextopretexto@uol.com.br.

Conheça o PORTFÓLIO de Roberto Gameiro, clicando no link: https://www.textocontextopretexto.com.br/2018/08/portfolio-de-roberto-gameiro_60.html

Share:

2 comentários:

  1. Muito bom!Importante reflexão! Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Realmente as BNCC precisam ser amplamente debatidas. Nesse sentido seu texto oriundo das reflexões durante sua vasta trajetória são fundamentais. Parabéns mais uma vez por tão preciosa contribuição!

    ResponderExcluir

TRADUZA - TRANSLATE

Sobre Roberto Gameiro

Sobre Roberto Gameiro
Mestre em Administração com ênfase em Gestão Estratégica de Organizações, Marketing e Competitividade. Pedagogo habilitado em Administração e Supervisão Escolar, Licenciado em Letras Modernas. Pós-graduado com Especialização em Avaliação Institucional Escolar. Diretor de escolas de Educação Básica, professor universitário e de Educação Básica e diretor de obras sociais. É palestrante, consultor e mentor. Articulista, tem seus artigos publicados em jornais, revistas e redes sociais.

Adquira já o livro digital!

Adquira já o livro digital!
O TEXTO NO CONTEXTO COMO PRETEXTO: PARA LEITURA E DEBATE EM FAMÍLIA - COM OS FILHOS

Reprodução

Autorizada, desde que com a citação dos nomes do Blogue e do Autor.

Sobre o Blogue

ESTE BLOGUE ABRIGA ARTIGOS SOBRE “EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES” E SOBRE “GESTÃO ESCOLAR”. NA SEÇÃO “EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES”, ESPERA-SE QUE OS ARTIGOS POSSIBILITEM LEITURA E DEBATE EM FAMÍLIA, ESPECIALMENTE COM OS FILHOS, NAS DIVERSAS FAIXAS ETÁRIAS. NÓS PAIS ESTAMOS SEMPRE PROCURANDO ENCONTRAR VIAS DE COMUNICAÇÃO COM OS NOSSOS FILHOS, MAS NEM SEMPRE ENCONTRAMOS O VEIO PROPÍCIO, NÃO É? AQUI ESTÁ UMA POSSIBILIDADE. NESTA SEÇÃO, A PRIMEIRA REVISORA E COLABORADORA É A DRA. VALESCA BOTELHO, MINHA ESPOSA, MÉDICA PEDIATRA (CRM-TO 357). NA SEÇÃO “GESTÃO ESCOLAR”, ESPERA-SE QUE OS ARTIGOS CONSTITUAM SUBSÍDIOS ÚTEIS PARA AS ÁREAS DE DIREÇÃO, SUPERVISÃO, COORDENAÇÃO E DOCÊNCIA. SÃO PUBLICADOS, TAMBÉM, TEXTOS DE OUTROS AUTORES, QUE AGREGUEM VALOR AOS OBJETIVOS DO BLOGUE. BOAS LEITURAS!

SEGUIR POR E-MAIL

Pesquisar neste blogue

Busca na Wikipedia. Digite o assunto.

Resultados da pesquisa